quinta-feira, 18 de Dezembro de 2008

A CURA PELOS MANTRAS - Pedro André

Introdução

Este trabalho tem como objectivo abordar o potencial curativo dos mantras e as suas diferentes aplicações terapêuticas.O som enquanto manifestação primordial da Divindade, é para os hindus e para a Ayurveda uma porta para a religação do ser humano á sua própria energia curativa e ao Criador. No fundo através da cura pelos mantras os antigos procuravam reequilibrar as energias dos diferentes corpos, realinhando-os e ligando-os á fonte de toda a energia vital, o Maha Prana.
O som enquanto palavra falada, promove efeitos por propagação de onda que através da sua vibração específica, resulta em vários efeitos nos diferentes chakras e corpos energéticos.
Foi através do processo de meditação que os antigos sábios da Índia e do Tibet reuniram os diferentes sons de cada chakra possibilitando assim que se purificassem e se desenvolvessem estes centros energéticos.
Ao longo deste trabalho irei explorar os diferentes tipos de mantras que existem e as suas diferentes aplicações.

Os Mantras

Um mantra é uma oração composta por determinadas sílabas geralmente em sânscrito a escrita sagrada dos Vedas e segundo os antigos a língua dos Deuses. O mantra tem como objectivo causar determinadas alterações energéticas na pessoa que os entoa repetidamente, podendo ter propósitos específicos como cura, prosperidade, protecção espiritual , sorte e abundância. Geralmente os mantras ligam-se a um ser espiritual específico (deus ou deusa ) ou apenas á consciência superior de quem os está a recitar.A palavra Mantra é composta de duas sílabas Man e Tra, sendo que Man significa a Mente, enquanto Tra significa alavanca, temos então na palavra mantra uma alavanca para a mente. Esta alavanca tem a possibilidade de conduzir o prana para determinados propósitos, porque ao entoar-se um mantra estamos a conduzir a nossa mente a nosso favor ao entretê-la com os sons entoados enquanto o prana reage aos padrões vibratórios e assume o caminho determinado pelo propósito do mantra.

Como funcionam os mantras?Existem diversas teorias que derivam desta questão. Alguns autores defendem o rigor da pronúncia e da métrica do mantra, outros defendem que não é de todo necessário focar a atenção na pronúncia bastando entoar o mantra de forma aproximada e confiar na intenção.o das palavras ditas. Para alguns psicólogos ocidentais o mantra possui uma energia sonora que movimenta outras energias que envolvem a pessoa que o entoa. Para o psicólogo Blofeld “não importa a correção da pronúncia: encontramos o mesmo mantra entoado de forma muito diferente em países diversos, e produz sempre os efeitos esperados.”
Existe uma teoria que se baseia no poder do Akasha ( o registo de tudo o que acontece). Segundo esta teoria, os mantras seguem um único caminho quando entoados,ou seja possuem uma intenção, um propósito, todas as gerações passadas que entoaram determinadas mantras fizeram com que os mesmos deixassem uma marca akáshica (um efeito), intemporal.O que acontece
 segundo esta teoria é que ao cantarmos um mantra, ele está no inconsciente colectivo e a mente segue automaticamente o caminho para a energia que já tinha ficado previamente registada no tempo e no espaço.

O Mantra Om

É impossível falarmos de mantras sem abordarmos o OM.
O mantra Om, é o mantra original e mais antigo, sendo tido como sagrado e divino. É impossível falarmos de mantras sem abordarmos o OM, pois a partir do Om formam-se todos os outros mantras, que são constituídos por algumas das cinquenta letras do alfabeto sânscrito – matrikas.
Este mantra, assim como todos os mantras monossilábicos, designam-se por bijas (semente). Logo, segundo Mandúkya Upanishad, o Om é o som do infinito e a semente que fecunda os outros mantras, “é o mundo inteiro. O passado, o presente, o futuro: tudo é o mantra Om”.
O mantra Om é formado por três letras: A, U, M.que representam Brahma, Vishnu e Shiva,a trindade criadora da religião Hindu.
No OM (A-U-M),estão representados os três grandes ciclos do Universo criação, manutenção e dissolução.

Os Efeitos do Som

Masaru Emoto, um cientista japonês descobriu através de um trabalho intensivo com moléculas de água que o som causava diferentes formações e impactos nos cristais de água. Para conseguir isto, Emoto deixou tubos de ensaio com água expostos a gravações em que eram ditas diferentes palavras como “amor”, “odeio-te”, “obrigado”. O resultado foi surpreendente ao verificar que diferentes palavras davam origem a diferentes formações nos cristais de água. Sendo que as palavras de cariz positivo davam origem a belas configurações de cristais enquanto palavras negativas davam a origem a cristais disformes.
Dado que também nós seres humanos somos também constituídos por água, depreendemos deste estudo que os mantras e as palavras todas elas em sânscrito ou não possuem um grande impacto no nosso corpo e energia.

A Cura pelos Mantras
A cura pelos mantras pode-se processar da maneira mais simples á maneira mais elaborada. Enquanto estamos a tomar o nosso banho diário podemos dizer ao nosso corpo repetidamente “ eu amo-te”, e “ eu amo-te” torna-se um mantra poderoso, como já vimos acima na formação dos cristais de água do Dr. Masaru Emoto. As nossas células também elas compostas por liquido irão reagir á palavra e ao pensamento devolvendo-nos a vibração de amor que lhes enviamos, em forma de saúde e bem-estar.

Ou de uma forma mais elaborada…

Mantras para os Chakras
Através dos mantras podemos também trabalhar e activar cada um dos nossos centros energéticos , os Chakras. Chakra é uma palavra sânscrita que significa roda ou vórtice, pois de uma forma clarividente os chakras apresentam-se neste formato e em constante rotação.

São estes os principais mantras para cada chakra:

Ø LAM – Mantra para chakra Muladhara ou raiz. É regido pelo elemento Terra e tem a qualidade do olfacto.

Ø VAM – Mantra do chakra Swdhisthana ou esplénico. O seu elemento é a Água e sua qualidade é o paladar.

Ø RAM – Mantra do chakra Manipura ou plexo solar. O seu elemento é o Fogo e sua qualidade é a forma.

Ø YAM –Mantra do chakra Anahata ou cardíaco. O seu elemento é o Ar e sua qualidade predominante é o tacto. Ao concentrar-se neste mantra pode ouvir música ou vozes de Seres Divinos.

Ø HAM OU HUM –Mantra para o chakra Vishuddha ou laríngeo. O elemento é o éter e sua qualidade o som. Ao concentrar-se neste mantra, os problemas de garganta são curados e torna-se mais fácil aprender outras línguas.

Ø OM –Mantra do chakra Ajna ou 3º olho। As energias femininas e masculinas encontram-se no centro da terceira visão, portanto, este som contém o Principio da Unidade. Está relacionado a uma qualidade de inteligência cósmica.

Como entoar os Mantras
Japa é uma palavra em sânscrito que vem da raiz verbal "jap", que significa "murmurar, sussurrar". "Japa" é a prática feita pelos yogis na repetição em tom de murmúrio de mantras, de passagens das escrituras, ou do nome de uma divindade. A repetição destes mantras, o "Japa", é uma "corrente", um "cordão de energia". Mala é uma palavra de vários significados em sânscrito, porém neste caso, ela quer dizer, apenas, "cordão de contas".
Temos então duas correntes, uma espiritual, "Japa" e outra material, "Mala". Assim, as energias espirituais invocadas "Japa", energizam o "Mala". Geralmente, o "mala", utilizado para o "japa", "murmurar", contém 108 contas. Um Mala pode conter contas que também formam divisões de 108, de modo que o mesmo cálculo possa ser mantido.

Mantras para Cura

Cura do fígado: GU RU
Cura do baço: BHUR
Cura de problemas digestivos: KRIM
Cura das cordas vocais e tiróide: EFTAH
Cura de fibromialgia: (doença que manifesta-se com inflamações e dores nas articulações)

OM GUM GANAPATAYEI NAMAHA (para remover os bloqueios energéticos)
Exercício de respiração Pranayama – Esta respiração foi ensinada durante quarenta anos em Rishikesh, na Índia pelo Swami Sivananda. Esta técnica dura mais ou menos de cinco a quinze minutos:
Sente-se calmamente. Com o polegar direito pressionando a narina direita, inspire profundamente pela narina esquerda até encher totalmente os pulmões de ar sem causar tensão. Agora, usando o dedo médio da mão direita para fechar a narina esquerda, expire pela narina direita. Quando os pulmões tiverem expelido todo o ar, inspire pela mesma narina, a direita. Essa é uma técnica de respirar alternadamente pelas narinas por mais quatro vezes, formando assim o total de cinco vezes. Descanse agora por trinta segundos, mais ou menos, e volte a fazer mais cinco respirações alternadas. Descanse novamente e repita o procedimento uma terceira vez. Terminada a pratica, terá realizado três “rodadas” de exercícios respiratórios alternando entre uma e outra narina. Com o aumento da sua capacidade, poderá fazer o exercício dez, quinze, vinte ou mais vezes em cada sessão.
Esta técnica tanto é calmante como energizante, uma vez que equilibra as energias de ambos os lados do corpo e da mente.
Cura dos olhos e pulmões:
OM ASHWINA TESAJA CHAKSHUHU
(“Om e saudações aos devatas Ashwini que curam a visão e a conservam clara।”)
OM ASHWINA BHESHAJAM MADHU BHESHAJAM
(“Om e saudações aos devatas Ashwina। Sejam amáveis e abençoem-nos com o mel de seu bálsamo curativo।”)

Mantra do Buda da Medicina
Este mantra apela ao Buda da Medicina , o curador iluminado que concede os seus dons de cura a quem entoar o seu mantra:
TEYATA OM BEKANZE
BECANZE MAHA BE
RADSA SAMUNG GATE SOHA


Mantra Hoponnopono
Mantra desenvolvido por um médico Hawaiano, com finalidade de cura e libertação de todos os bloqueios energéticos. Este mantra pode ser entoado ao olhar para o espelho ou enquanto visualizamos aquilo que nos perturba e libertamos.

· I LOVE यू à EU AMO-TE
· PLEASE FORGIVE ME à PERDOA-ME
· I’M SORRY à DESCULPA
· THANK यू à OBRIGADO
Mantras a Tara
Tara é a mãe da compaixão, o aspecto feminino do Buda, indissociável do estado desperto iluminado. Todas as deidades budistas femininas são aspectos seus. Tara é a divindade nacional do Tibete.

OM AH VAJRA-VINE HUM (mantra de Tara azul, que toca o alaúde)
OM AH VAJRA-VAM SHE HUM (mantra de Tara amarela, que toca a flauta)
OM AH VAJRA-MURAGE HUM (mantra de Tara vermelha, que toca o tambor)
OM AH VAJRA-MRIDAMGE HUM (mantra de Tara verde, que toca o tambor)
OM TARE TUTARE TURE SOHA (mantra Tara, que contém todos os 21 mantras Tara, harmonia, paz, amor, prosperidade, cura, protecção, etc.)OM TARE TUTARE TURE DZAMBEH MOHEH DANA METI SHRI SOHA (mantra de Tara para a prosperidade)OM BEMA TARE SENDARA HRI SARVA LOKA WASHUM KURU HO (mantra de Tara para evoluir)OM TARE TUTARE TURE SARVA ATA SIDDHI SHIDDHI KURU SOHA (mantra de Tara para pedidos)


Bibliografia

à Livros Consultados:” As mensagens escondidas na água” – Masaru Emoto, Estrela Polar

àSites Consultados:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Tara_(budismo)

http://pt.wikipedia.org/wiki/Om

http://www.magnifica.com.br/mantras/mantras_tara.asp

Sem comentários:

Enviar um comentário